0

Mecanismos de Segurança na Internet

one-eyed-vector-pirata_95665Mecanismos de Segurança na Internet

Filtro antiphishing: já vem integrado à maioria dos navegadores Web e serve para alertar os usuários quando uma p´agina suspeita de ser falsa é acessada. O usuário pode então decidir se quer acessa-la mesmo assim ou navegar para outra pagina.

Filtro de janelas de pop-up: já vem integrado a maioria dos navegadores Web e permite que você controle a exibição de janelas de pop-up. Você pode optar por bloquear, liberar totalmente ou permitir apenas para sites específicos.

Filtro de códigos moveis: filtros, como o NoScript, permitem que você controle a execução de códigos Java e JavaScript. Você pode decidir quando permitir a execução destes códigos e se eles serão executados temporariamente ou permanentemente. http://noscript.net/

Filtro de bloqueio de propagandas: filtros, como o Adblock, permitem o bloqueio de sites conhecidos por apresentarem propagandas. http://adblockplus.org/

Teste de reputação de site: complementos, como o WOT (Web of Trust), permitem determinar a reputação dos sites que você acessa. Por meio de um esquema de cores, ele indica a reputação do site, como: verde escuro (excelente), verde claro (boa), amarelo (insatisfatória), vermelho claro (má) e vermelho escuro (péssima). http://www.mywot.com/

Programa para verificação de vulnerabilidades: programas, como o PSI (Secunia Personal Software Inspector), permitem verificar vulnerabilidades nos programas instalados em seu computador e determinar quais devem ser atualizados. http://secunia.com/vulnerability_scanning/personal/

Sites e complementos para expansão de links curtos: complementos ou sites específicos, como o LongURL, permitem verificar qual ´e o link de destino de um link curto. Desta forma, você pode verificar a URL de destino, sem que para isto necessite acessar o link curto. http://longurl.org/

Anonymizer: sites para navegação anonima, conhecidos como anonymizers, intermediam o envio e recebimento de informações entre o seu navegador Web e o site que você deseja visitar. Desta forma, o seu navegador não recebe cookies e as e as informações por ele fornecidas não são repassadas para o site visitado. http://www.anonymizer.com/

1

Objetos Distribuídos com RMI

Java (2)

Remote Method Invocation (RMI)

O RMI é uma extensão de software à máquina virtual Java remota (JVM) que permite o envio de mensagens para objetos gerenciados por outra JVM. O Rmi propicia uma implementação natural do sistema distribuído em um ambiente Orientados a Objeto.

rmi

Objetos de uma determinada máquina poderão enviar mensagens através da rede para objetos presentes em outra máquina.

Implementação da Tecnologia

A partir deste momento vamos chamar de “receptor” ao local onde está o objeto que recebe as mensagens remotas e “transmissor” ao local de onde partem as mensagens remotas.

Quando pensamos em uma aplicação cliente-servidor, é comum que no programa servidor haja objetos receptores. Entretanto, é possível que haja uma situação em que objetos do programa cliente também sejam receptores; ou seja, que recebam mensagens vindas do programa servidor.

Assim, a especificação destes passos se refere aos objetos que recebem as mensagens remotas; estes podem estar no programa servidor ou no programa cliente.

Para cada classe que receber mensagens remotas (receptor), criar uma interface que contenha a especificação destes métodos.

A interface deverá ser especialização da interface Remote.

Os métodos deverão indicar que throws RemoteException (ou seja, podem disparar a exceção RemoteException)

Aplicação Servidor

Na aplicação servidor defino uma interface estendendo a classe Remote do pacote java.rmi.*.

Logo após crio a classe com a implementação dos métodos de nossa aplicação servidora. A Classe de Implementação dos métodos deve estender UnicastRemoteObject e implementar a interface do Servidor.

Por fim implementamos a classe responsável por publicar o Servidor RMI.

 Aplicação Cliente

Na aplicação cliente uso a mesma interface definida na aplicação servidor para estabelecer um contrato de comunicação entre as duas partes.

Por fim acesso a aplicação rmi através da Url: rmi://localhost/RmiServidor, onde RmiServidor foi o nome vinculado ao objeto Remoto, e assim consigo acessar aos métodos do meu objeto remoto.

0

Ferramentas Administrativas do Windows

imagesExecutáveis das Ferramentas Administrativas do Windows

As vezes você perde um bom tempo tentando achar aquela ferramenta administrativa do windows, uma solução é chamar o executável desta ferramenta pelo DOS ou via Executar no seu Windows.

Ferramentas Administrativas

gpedit.msc Diretivas de Grupos
perfmon.msc Serviço de componentes
defrag  Desfragmentador de Disco
services.msc Serviços
secpol.msc Diretiva de Segurança Local
comexp.msc Serviços de Componentes
odbcad32.exe Fontes de Dados (ODBC)
eventvwr.msc Visualizar Evento
compmgmt.msc Gerenciamento do Computador
taskmgr.exe Gerenciador de Tarefas
Outros comandos:
Regedit.exe Acessa o ambiente de exploração do registro do Windows
Rstrui.exe Executa o Assistente para restauração do Sistema
Telnet.exe Acessa o ambiente DOS possibilitando a comunicação Remota
DxDiag.exe Ferramenta de Diagnóstico do Direct X
Control.exe Acessa o Painel de Controle
Mstsc.exe Abre a janela para conexão de área de trabalho Remota
Accwiz.exe  Acessa o Assistente de Acessibilidade
Charmap.exe Executa o Mapa de Caracteres
ChkDsk.exe Executa o Scandisk em ambiente simulado DOS
CliconFg.exe Executa o utilidade Rede para clientes do SQL Server
Explorer.exe Acessa o Windows Explorer
MSconfig.exe Utilitário de configuração do Sistema
NetSetup.exe Executa o Assistente para configuração de rede doméstica
Ntbackup.exe Assistente para Backup e restauração

 

 

0

Conhecendo o Python

python

O Python é uma linguagem de altíssimo nível orientada a objeto, de tipagem dinâmica e forte, interpretada e interativa.

O Python possui uma sintaxe clara  que favorece a legibilidade do código fonte, tornando a linguagem mais produtiva. A linguagem inclui diversas estruturas de alto nível (listas, dicionários, data / hora, complexos e outras) e uma vasta coleção de módulos prontos para uso, além de frameworks de terceiros que podem ser adicionados.

Também possui recursos encontrados em outras linguagens modernas, tais como: geradores, introspecção, persistência, metaclasses e unidades de teste. Multiparadigma, a linguagem suporta programação modular e funcional, além da orientação a objetos.

Python é um software de código aberto (com licença compatível com a General Public License (GPL), porém menos restritiva, permitindo que o Python seja inclusive incorporado em produtos proprietários).  Além de ser utilizado como linguagem principal no desenvolvimento de sistemas, o Python também é muito utilizado como linguagem script em vários softwares, permitindo automatizar tarefas e adicionar novas funcionalidades, entre eles: BrOffice.org, PostgreSQL, Blender, GIMP e Inkscape.

Download do Python

O download da implementação oficial do Python está disponível em: http://www.python.org/download.

Implementação

Como dito no texto acima o Python possui uma linguagem clara que ajuda ao desenvolvedor na hora da legibilidade do código fonte. Segue um exemplo de um array com o uso do Python.

A indentação do código no Python é fundamental para uma boa interpretação.

Este Artigo é uma Citação do Livro: Python para Desenvolvedores, atualmente usei o mesmo no meus estudos sobre python e me ajudou bastante.

0

Urls Amigáveis e .htaccess

phpUrls Amigáveis e .htaccess

Neste tutorial segue um exemplo de configuração de Urls amigáveis através do arquivo .htaccess. Primeiramente devemos habilitar o modo de reescrita do nosso servidor apache.

O mod_rewrite é um recurso do servidor apache que faz a reescrita de uma URLs usando expressões regulares antes do arquivo ser chamado. Funciona de forma semelhante a um redirecionamento, mas sem alterar o endereço no navegador.

Para habilitar a reescrita de uma Url você deve retirar o comentário da linha #mod_rewrite; do arquivo php.ini do seu servidor Apache.

Observação: Verifique também a linha “LoadModule rewrite_module modules/mod_rewrite.so”  do seu arquivo httpd.conf não está comentada.

O arquivo .htaccess contém as regras de reescrita da URL, este arquivo deve ficar na raiz do site. Se este arquivo não existir você pode cria-lo em um aplicativo de texto comum (como o bloco de notas do Windows), enviar para o servidor e renomear.

Implementando o Arquivo .htaccess

  • Remover o .php das páginas

Ao acessar www.meusite.com.br/artigo é mesmo do que acessar www.meusite.com.br/artigo.php.

  • Não permitir acesso a diretórios

Não permite o acesso a diretórios como os diretórios de imagens, scrips, etc.

  • Páginas de Erro

Retorna páginas específicas para cada tipo de erro na requesição HTTP.

  • Redirecionamento para Script com um parâmetro GET

Ao acessar www.meusite.com.br/recuperar/olá+mundo a requisição será interpretada como www.meusite.com.br/recuperar?txtmsg=’olá mundo’.

  • Redirecionamento para Script com dois parâmetros GET

Ao acessar ‘www.meusite.com.br/recuperar/olá+mundo/php’ a requisição será interpretada como www.meusite.com.br/recuperar?txtmsg=’olá mundo’&teste=’php’.

  • Definir UTF nas páginas

Corrige os erros de caracteres especiais de uma página.

 

0

Orientação a Objetos em PHP

phpInterfaces

Uma interface é utilizada quando queremos  estabelecer alguns padrões de comportamento e funcionamento para algumas de nossas classes, principalmente implementado em poliformismo, aonde temos que garantir que as classes serão geradas estabelecendo um padrão de implementação.

A implementação de uma interface em um projeto deverá ser feita quando houver necessidade de padronização ou de garantia de um determinado comportamento em uma classe do sistema. Através de uma interface é possível controlar e utilizar uma navegação segura entre as classes, tendo certeza que determinados métodos estarão disponíveis quando necessário.

“Em uma interface não devemos implementar nenhum código ou ação, somente a assinatura dos métodos ou definição de atributos constantes.”

Sintaxe:

Para referenciar uma interface em uma classe de domínio basta usar o operador implements após no nome de classe e informar o nome da interface a ser implementada.

Exemplo Prático:

(IDao.php)

(Veiculo.class.php)

 

0

Orientação a Objetos em PHP

phpComposição

A relação de composição também aborda o relacionamento de todo/parte, na composição o objeto-pai ou “todo” é responsável pela criação e destruição de suas partes, sendo assim o objeto-pai possui as instâncias de sua parte.

 Exemplo:composicao

(Contato.class.php)

(Fornecedor.class.php)

(composicao.php)

 

0

Orientação a Objetos em PHP

phpAgregação

O relacionamento de agregação é um tipo de relação entre objetos conhecida como todo/parte, onde um objeto agrega o outro tornando um objeto externo parte de si mesmo pela utilização de seus  métodos. Desta forma um objeto-pai pode usar utilizar funcionalidades do objeto agregado.

Exemplo:

agregacao

(CarrinhoDeCompras.class.php)

(Produto.class.php)

(agregacao.php)

 

0

Orientação a Objetos em PHP

phpAssociação

A associação representa a ligação entre dois objetos de modo que um objeto posso fazer referência ao outro, podendo um objeto visualizar atributos e métodos de um outro objeto.

associacao

Exemplo:

(Produto.class.php)

(Fabricante.class.php)

(associacao.php)