0

Orientação a Objetos em PHP

phpAbstração

Abstrair, significa separar mentalmente, considerar isoladamente, simplificar. Para a construção de sistemas Orientados a Objetos, jamais devemos projetar um sistema como sendo uma peça única, devemos separa-los em partes, concentrando nos detalhes mais importantes e ignorando os detalhes de implementação em um primeiro momento, para podermos construir um sistema em partes muito bem definidas que possam posteriormente ser reaproveitadas.

Classes Abstratas

Utilizando o conceito de abstração, construiremos classes estruturais na hierarquia de nosso projeto para servirem de bases para outras. As classes abstratas são classes que nunca serão instanciadas na forma de objetos. Para a definição de uma classe abstrata fazemos o uso do operador ABSTRACT no início da declaração da classe.

Exemplo:

Classes Finais

As classes finais são classes que não podem ser especializadas, ou seja, uma classe final nunca poderá ser uma superclasse. Para a definição de uma classe final fazemos o uso do operador FINAL no início da declaração da classe.

Exemplo:

Métodos Abstratos

Um método abstrato é um método que não possui implementação na classe a qual foi definido, o detalhe de implementação fica a cargo da subclasse. A classe que possui pelo menos um método abstrato não pode ser instanciada e também deve ser definida como abstrata. Um método abstrato em si consiste na definição da assinatura na classe abstrata. Para a definição de um método abstrato fazemos o uso do operador ABSTRACT no início do método.

Exemplo:

Métodos Finais

Um método final não pode ser sobrescrito, ou seja, não pode ser redefinido em uma subclasse. Para definição de um método final faremos uso do operador FINAL no inicio da declaração do método.

Paulo R. Marinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

− 1 = 1