0

Orientação a Objetos


Hand drawing empty diagramIntrodução a Orientação a Objetos

O conceito de orientação a objetos tem sido adotado por muitos programadores e linguagens de programação em virtude de sua flexibilidade, capacidade de reaproveitamento do código e facilidade de manutenção. O paradigma de Orientação a Objetos tem com princípio a representação de Objetos presentes no mundo real em forma de linguagem de programação, onde cada componente representado no mundo real representa um componente do programa, ou seja, cada componente do programa é tratado como um objeto, com suas características e funcionalidades, dentro de um conceito muito próximo ao abordado no mundo real.

Orientação a Objetos Vs Programação Estruturada

estruturapooA Programação Estruturada é um tipo de programação baseada em modularização, onde a ideia era dividir um programa em unidades menores conhecidas como procedimentos ou funções. Cada uma dessas unidades são construídas para desempenhar uma tarefa específica diversas vezes. Na Programação Estruturada os procedimentos ou funções se interligam através do uso de três mecanismos básicos que seguem: sequência, decisão e iteração.Na estrutura de Sequência, são representados os passos para executar determinada rotina em um programa. Já na estrutura de Decisão, é permitido selecionar um determinado fluxo para executar uma rotina dentro do programa. Já na estrutura Iteração, é permitida a execução repetitiva de um determinado bloco de comandos do programa.]

Algumas linguagens que utilizam a Programação Estruturada:

  • Pascal
  • Cliper
  • Cobol

Na Orientação a Objetos trabalhamos com estruturas que representam o nosso dia-a-dia, sobre qual possuímos uma maior compreensão. Para trabalharmos com Programação Orientada a Objetos (POO) é necessário entender todo o conceito de Classes e Objetos. O uso desta tecnologia trás uma série de vantagens na hora de desenvolver uma aplicação.

Vantagens da Orientação a Objetos

  • Reuso de Código
  • Facilidade de Manutenção ou Mudanças
  • Encapsulamento
  • Flexibilidade
  • Moduralização de Sistemas

Algumas linguagens que utilizam Orientação a Objetos:

  • C++
  • C#
  • Java
  • PHP

Paulo R. Marinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

4 + 3 =